O projeto para reajustar o salário mínimo regional de Santa Catarina será enviado pelo governo para a Assembleia Legislativa (Alesc) nesta semana, em regime de urgência.

Entidades empresariais e de trabalhadores negociaram reajuste médio de 4,9% e entregaram a proposta ao governador Carlos Moisés na sexta-feira. Após passar pela Alesc, será sancionado e entra em vigor logo, retroativo a janeiro. A primeira faixa terá mínimo de R$ 1.158, a segunda R$ 1. 201, a terceira R$ 1.267 e a quarta, R$ 1.325.