Daniela Almeida Pereira, 36 anos, foi vista pela última vez descendo de ônibus no Ribeirão da IlhaDaniela trabalha como atendente na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Sul da Ilha, moradora no Ribeirão da Ilha com o companheiro.


Segundo o homem, que não foi identificado, ela desapareceu após um desentendimento do casal.

Na manhã desta quarta-feira (8), cerca de 15 agentes de segurança, bombeiros militares e policiais civis e cães farejadores realizam buscas numa área de mata na localidade da Caieira da Barra do Sul, próximo a Rodovia Baldicero Filomeno, desde às 8h da manhã. A Polícia Civil pretende averiguar a possibilidade de que ela tenha sido enterrada no local. Daniela está desaparecida desde 15 de abril.

“Como ela não tentou entrar em contato com ninguém, o indício que temos até agora é de que tenha sido morta e enterrada no Ribeirão da Ilha, perto de onde ela morava”, explicou o delegado Wanderley Redondo, da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas de Florianópolis.

Riozinho