Desde abril, Guarda Municipal tem realizado duas operações por semana em diversos bairros das áreas continental e insular da Capital. Pelo menos duas vezes por semana,

os motoristas que costumam trafegar à noite pelas ruas de Florianópolis podem virar alvo das blitze da Lei Seca realizadas pela GM (Guarda Municipal).  As operações viraram rotina a partir do mês de abril, seguindo determinação da Secretaria Municipal de Segurança e do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Ivan da Silva Couto Júnior, após três meses de trabalho, é difícil estipular um diagnóstico sobre o comportamento do motorista de Florianópolis porque as operações são realizadas em diferentes locais da cidade, para evitar que determinada região fique conhecida como local de fiscalização.