Teste com veículo elétrico da Mobilis mostrou que tecnologia e sustentabilidade podem ser grandes aliadas

No começo de julho, a frota da Guarda Municipal de Florianópolis (GMF) ganhou um reforço para a ronda na região da Praça XV de Novembro, no Centro da Capital. Silencioso e com zero emissão de gases poluentes, o veículo elétrico Li DR, fabricado pela startup Mobilis, atraiu olhares e se mostrou eficaz durante o período em que foi integrado a frota da corporação.

O teste, alinhado com apoio do programa Living Lab, mostrou na prática que os veículos elétricos são uma alternativa sustentável aos quadriciclos movidos a combustível - atualmente usados nas rotinas operacionais da Guarda.

Erico S. dos Reis, diretor comercial da Mobilis, falou sobre a experiência.

- O teste deixou claro que veículos elétricos podem desempenhar com eficiência as atividades que envolvem a mobilidade dos agentes da GMF, com autonomia, baixíssimos ruídos e impactos reduzidos ao meio ambiente -, disse.

A expectativa é que no futuro uma nova rodada de testes ocorra em parceria com agentes públicos de segurança, desta vez associando ao veículo elétrico da Mobilis a plataforma TrackLi, que atua na gestão eficaz de frotas otimizando rotas, mapeando o perfil de uso dos condutores e tornando a manutenção preventiva mais inteligente.

Veículo elétrico versus quadriciclo
A Mobilis fez um estudo para estimar os benefícios caso a Guarda Municipal de Florianópolis substituísse os quadriciclos pelos veículos elétricos.  Os índices se referem ao comparativo de uso dos veículos durante 30 dias.

- 95% de redução nas emissões de ruído;
- 100% de redução nas emissões diretas de poluentes;
- 98% de redução nas emissões indiretas (eletricidade versus combustível);
- 80% de redução no gasto de combustível (gasolina versus eletricidade);
- 70% de redução nas manutenções.

 
Tudo sobre floripa