Na Grande Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu montaram abrigos emergenciais. Com a previsão de frio intenso para este fim de semana, e possibilidade de

temperaturas negativas nas partes mais altas do Estado, algumas cidades de Santa Catarina estão reforçando a atenção para atender à população de rua. Na Grande Florianópolis, as prefeituras de São José, Biguaçu e Palhoça montaram abrigos emergenciais. Já outras cidades, como a Capital, mantiveram as ações que já estavam programadas para todo o inverno. Confira abaixo detalhes sobre os serviços de acolhimento e abrigos pelo Estado.

Florianópolis

Na Capital do Estado, a prefeitura informou que não haverá nenhuma ação específica neste fim de semana, ressaltando que o trabalho já é realizado ao longo de todo o inverno. Conforme a assessoria de imprensa, são sete abrigos disponíveis, totalizando cerca de 280 vagas. Nos locais, as pessoas têm direito a jantar e a banho.

O trabalho de abordagem é feito pela equipe de Sensibilização, que pode ser acionada pelo telefone (48) 3223-8566, das 8h às 20h. Além disso, a prefeitura informa que uma força-tarefa também percorre a cidade, orientando as pessoas em situação de rua sobre os diversos serviços disponíveis.

Os abrigos disponibilizados são o Jardim Atlântico, no bairro Jardim Atlântico, na região continental, Passarela da Cidadania, Albergue Noturno Manoel Galdino, Serviço de Acolhimento para Pessoa em Situação de Rua e Casa de Passagem para Pessoa em Situação de Rua, os quatro no Centro, Serviço de Acolhimento para Pessoa em Situação de Rua, em Capoeiras, e a Casa de Passagem para Mulheres Vítimas de Violência e em situação de Rua, este em local sigiloso.

São José

Em São José, a prefeitura preparou um abrigo emergencial. Inicialmente, a estrutura funcionária neste sábado (3) e domingo (4). O abrigo fica no Centro POP, localizado na Rua Camilo Veríssimo da Silva, 104, no bairro Roçado, às margens da BR-101.

O dormitório tem capacidade para até 40 pessoas e acolherá os indivíduos em situação de rua a partir das 19h. No local, os usuários poderão tomar banho, jantar e tomar café da manhã do dia seguinte. Os animais de estimação dos usuários também serão acolhidos. O Centro POP de São José fica localizado às margens da BR-101, na Rua Camilo Veríssimo da Silva, 104, no bairro Roçado.

Biguaçu

A prefeitura de Biguaçu também montou um abrigo provisório por conta da previsão de frio intenso. O local está funcionando na rua José Zeferino de Souza, número 226, no bairro Rio Caveiras, e estará aberto entre as 20h e as 8h. Serão oferecidos banho, jantar e café da manhã.

Além disso, a prefeitura também informou que realiza um trabalho da Vigilância Monitorada para encontrar pessoas em situação de vulnerabilidade. Informações sobre pessoas em situação de rua podem ser encontradas pelo telefone (48) 3094-4102.

Palhoça

Em Palhoça, a prefeitura informou que também abriu um espaço com acomodação, alimentação e banheiros para esta sexta, sábado e domingo, e atua com equipes de abordagem para comunicar as pessoas em situação de rua sobre o serviço. O alojamento fica no piso superior do Centro de Convivência do Idoso, localizado na rua Padre João Batista Réus, no bairro Caminho Novo, e funciona das 19h às 7h. A entrada no local é permitida até as 22h.

FRIO INTENSO

Santa Catarina tem primeiros registros de neve e chuva congelada nesta sexta-feira

 
PREVISÃO

A noite desta sexta-feira será ainda mais gelada em SC

 
INVERNO

Inmet emite alerta para neve em 13 cidades de SC, com acúmulos de até 5 centímetros

 

Criciúma

Em Criciúma, no Sul do Estado, a prefeitura informou que disponibiliza a Casa de Passagem São José, localizada na rua Giácomo Sônego Netto, no bairro Pinheirinho. O local conta com 56 leitos. Além disso, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação tem profissionais diariamente nas ruas realizando a abordagem dos moradores de rua. O serviço pode ser acionado pelo 199, número da Defesa Civil, que atende 24 horas por dia.

Joinville

Em Joinville, no Norte, a assessoria da prefeitura comunicou que não haverá ações específicas e apontou que já realizou doações de kits de inverno com agasalhos, cobertores e luvas para aproximadamente 100 pessoas em situação de rua. A cidade não conta com abrigos.

Lages

Na cidade de Lages, região Serrana, o Acolhimento Temporário de Inverno foi reaberto nesta quinta-feira (1º). O local sofreu um princípio de incêndio na terça-feira e precisou ficar fechado por dois dias para adequações, informou a prefeitura, mas já opera normalmente.

O abrigo está localizado na avenida Papa João 23, número 1352, no bairro Ipiranga. O local funciona das 18h às 7h30 e tem capacidade para aproximadamente 50 pessoas. O serviço de acolhimento da cidade pode ser acionado pelos telefones (49) 9 8406- 2980 ou (49) 9 9921-1125.

Chapecó

Em Chapecó, Oeste catarinense, a prefeitura informou que vai realizar mais uma etapa da “Operação Olhos de Anjo”. Equipes do Resgate Social estarão de plantão, 24 horas, para atender as pessoas que necessitarem. O serviço pode ser acionado pelos telefones (49) 3319-1201, (49) 3319-1204 ou (49) 9 84014490.

Conforme a prefeitura, as equipes farão acolhimento das pessoas em situação de rua com roupas, alimentos e bebidas quentes. Além disso, a Casa de Passagem receberá reforço de colchões e cobertores.

 

Por Redação DC