Todos os condutores tiveram suas carteiras de habilitação recolhidas e receberam multa de R$ 2.934,70, prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Nesta madrugada 105 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, no km 206 da BR-101, em São José. Os flagrantes foram realizados pelo Polícia Rodoviária Federal (PRF/SC) entre 22h de sexta-feira (13) e às 04h deste sábado (14).

A PRF informou que a quantidade de ocorrências surpreendeu os policiais que participaram da ação. A abordagem dos condutores que trafegavam pela via foi feita em duas etapas. Primeiro com a aplicação de um exame com o bafômetro passivo - quando a pessoa fala e ele capta então o índice de álcool. Após, apenas em caso de sinal positivo, um segundo teste com o etilômetro comum foi realizado.

 

O órgão informou que todos os condutores tiveram suas carteiras de motorista recolhidas, receberam multa de R$ 2.934,70 e poderão ter o direito de dirigir suspenso por doze meses. Além disso, os agentes lavraram outras 52 multas por infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e recolheram 22 veículos ao pátio por irregularidades diversas.

105 carteiras de habilitação foram recolhidas
105 carteiras de habilitação foram recolhidas
(Foto: PRF/SC / Divulgação)

O que diz a lei?

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê o valor de R$ 293,47 para a multa gravíssima, mas a Lei Seca multiplica esse valor por 10, chegando a R$ 2.934,70. Além disso, o motorista tem a CNH recolhida e responde a um processo administrativo que leva a suspensão do direito de dirigir por 12 meses - depois de todos os recursos possíveis.

O veículo também é retido até que um outro condutor habilitado se apresente. Em caso de reincidência da infração dentro de um ano, a multa será dobrada, para R$ 5.869,40, e a CNH pode ser cassada.

A prisão por embriaguez ao volante só ocorre caso a pessoa possua concentração igual ou superior a 0,3 mg de álcool por litro de ar ou de 0,6 g/L no sangue pode ser multado pelo artigo 165 e também enquadrado em crime de trânsito (artigo 306).