Um quadro do pintor holandês Jan van Huysum que havia sido roubado por soldados nazistas durante a Segunda Guerra Mundial será devolvido pela Alemanha

ao Palácio Pitti, em Florença, na Itália. 

O anúncio foi feito neste sábado (29) pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália. Os chefes das diplomacias dos dois países, Enzo Moavero e Heiko Maas, comandarão o evento de restituição da obra, ainda sem data definida.

"Graças à estreita cooperação entre os ministros Maas e Moavero, o quadro, um dos trabalhos mais importantes do mestre holandês, poderá voltar ao lugar ao qual havia sido designado, dois séculos atrás, pelo grão-duque da Toscana Leopoldo II", disse a Farnesina.

A pintura, uma natureza morta em preto e branco chamada "Vaso de Flores", estava sob poder de uma família alemã que, apesar dos recorrentes pedidos do Estado italiano, não aceitava restituí-la.

Datada do início do século 19, a obra foi exibida pela primeira vez em 1824, em Florença, e ficou em uma sala do Palácio Pitti até a década de 1940, quando foi transferida a uma propriedade rural por conta da entrada da Itália na Segunda Guerra.

Em 1943, ano da invasão dos Aliados na península, tropas nazistas roubaram o quadro e o levaram para o norte. (ANSA)

Ansa