Atentado na Escola Estadual Raul Brasil causa caos e pânico. Dois adolescentes invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, e atiraram contra alunos e funcionários.

Ao menos dez pessoas morreram, incluindo os dois atiradores, que cometeram suicídio, e outras 15 ficaram feridas, segundo números do início da tarde desta quarta-feira.

TUDO SOBRE O ATAQUE EM ESCOLA DE SUZANO

Segundo informações da Polícia Militar, os dois adolescentes armados e encapuzados invadiram a escola e efetuaram os disparos. Até o momento a PM registrou a morte de cinco alunos, um funcionário em decorrência dos disparos, e mais uma pessoa que foi baleada fora da escola, em latrocínio em um comércio, e está passando por cirurgia cirurgia na Santa Casa de Suzano. Peritos já estão dentro da escola. Imagens da Record mostram projéteis no chão do pátio da escola.

 

Slide 1 de 9: Dois adolescentes invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, e atiraram contra alunos e funcionários

Slide 2 de 9: Ao menos oito pessoas morreram e outras  ficaram feridas durante tiroteio dentro da unidade de ensino

Slide 3 de 9: Estudantes  saíram correndo e se abrigaram em lojas próximas

Slide 4 de 9: Segundo o Censo Escolar de 2017, a escola possui 358 alunos da segunda etapa do fundamental (6º ao 9º ano) e 693 estudantes do ensino médio

Slide 5 de 9: Familiares se desesperam em porta de escola onde ocorreu atentado

Slide 6 de 9: Neste momento, peritos já estão dentro da escola. Imagens de emissoras de TV mostram projéteis no chão do pátio do colégio

Slide 7 de 9: Tiros foram disparados na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano

Slide 8 de 9: Em nota, a Prefeitura de Suzano informou que o Pronto Socorro Municipal já recebeu crianças com ferimentos leves e os feridos com maior gravidade estão sendo encaminhados ao Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, e ao Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba

Slide 9 de 9: Equipes do SAMU e do Corpo de Bombeiros prestam atendimento às vítimas

Estadão